HISTÓRIA

A vila termal de Vidago teve um período de esplendor entre 1875-1877 quando sua majestade, o Rei D. Luís, visitou consecutivamente este idílico destino termal. A fama dos poderes curativos das águas espalhou-se tão longe que em 1876-1889 foram premiadas em Madrid, Paris, Viena e Rio de Janeiro.

No reinado do senhor Rei D. Carlos I, a família real e os seus convidados fizeram de Vidago um dos seus destinos privilegiados, no qual encontravam qualidades e benefícios terapêuticos únicos nas suas águas minerais.

A inauguração do troço da linha férrea de Vila Real às Pedras Salgadas por Sua Magestade El-Rei D. Carlos I, em 1907, que chegou a Vidago dois anos mais tarde, em 1909, colocou estas termas numa popularidade renovada.

Nas décadas de 50 e 60 do século passado, a vila termal de Vidago volta a ser procurada pela alta sociedade que encontra no magnífico Vidago palace hotel estadas perfeitas com passeios pelo esplendoroso bosque, jogos de golf e cura de algumas doenças com recurso às suas afamadas águas termais, distribuídas pelas 3 fontes de estilo “belle epoque”.

O PRESENTE & FUTURO DE VIDAGO

O PROJETO

O Balneário Pedagógico de investigação e desenvolvimento de práticas termais de Vidago enquadra-se na remodelação dos edifícios da antiga estação de caminho-de-ferro de Vidago.

A conceção de um único edifício, formado por espaços individualizados
admitiu a construção de uma galeria de betão com elementos em ferro e vidro, memória da ocupação efémera das antigas carruagens, que para além de estabelecer uma ligação funcional para os utentes / visitantes do balneário pedagógico, garante proteção visual dos espaços funcionais que constituem este equipamento.

A entrada natural do edifício é promovida pela porta original da estação, tendo sido reabilitado, igualmente, o antigo cais de embarque, permitindo uma segunda entrada, reforçando a funcionalidade inicial do edifício da estação, como ponto de chegada e de partida.

Chegados ao terminus da construção do novo balneário termal, a partida deste novo cais de embarque assinala uma nova era e transporta-nos aos novos desafios do termalismo, no novo paradigma da manutenção e tratamento da condição física e psíquica, que estamos certos darão um novo
impulso à vila termal de Vidago e a fará regressar ao apogeu de outrora, alicerçada pela iniguável qualidade de oferta hoteleira.